Prof. Dr. Evanivaldo C. Silva Júnior
Coordenador da coluna FATECNOLOGIA
evanivaldo.jr@fatec.sp.gov.br

 

Profª. Me. Selma Marques da Silva Fávaro
Revisora
selma.favaro@fatec.sp.gov.br

 

E aí abril deste ano a internet completou 45 anos de existência sendo, sem sombra de dúvidas, um dos maiores fenômenos sociais, econômicos e culturais de todos os tempos e que tem continuamente revolucionado a vida humana nos mais variados aspectos.

O que no início (final da década de 1960) era voltado a finalidades de segurança nacional do governo norte-americano, foi tecnicamente aperfeiçoado com a criação dos protocolos TCP/IP (década de 1970) atingindo uma ramificação de interligações em diferentes sistemas e redes antes dispersas com eficiência e segurança nunca antes pensada.

Os meios acadêmicos, mais especificamente as universidades, foram as primeiras instituições de pesquisa e ensino a absorver a internet dando origem em um segundo momento a WWW (World Wide Web) que gerou o grande “boom” da rede nos anos de 1990.

Já no século XXI, a internet se transformou em um ambiente impossível de ser desprezado nas mais diferentes culturas e camadas sociais existentes no planeta. As possibilidades de uso transpuseram a esfera educacional para as atividades mais cotidianas presente em praticamente todos os segmentos da vida humana.

Mencionando somente as tecnologias e tendências atuais da web, as redes sociais figuram como os principais ambientes de congregação de pessoas, ideias e negócios além, é claro, de concentrarem um vasto volume de informação como fotos, vídeos e outras mídias.

Os sistemas de busca proporcionam uma forma rápida de obtenção de informações extremamente abrangentes e variadas. É possível encontrar desde um simples endereço, até imagens em tempo real da estação espacial internacional. Os mais afoitos se atrevem a dizer que na web “tem tudo”, referindo-se a gigantesca base de informações lá disponível.

Outra aplicabilidade atual é o comércio digital, chamado e-commerce. Comprar algo sentado no sofá da sala, que até um tempo era difícil de imaginar, hoje é uma atividade corriqueira, diria até, mais natural para muitos do que ir as compras em shoppings centers ou nos centros comerciais. Esse segmento tem crescido exponencialmente devido à comodidade oferecida aos clientes, e também pela facilidade em se comparar preços e produtos, perceber a opinião de outros clientes sem contar com algumas vantagens mercadológicas disponibilizadas pelas empresas como sistemas de fidelização, entrega em domicílio, entre outros.

Não podemos deixar de mencionar o setor de entretenimento que talvez seja a fatia que mais cresce na internet no momento. Assistir filmes e vídeos, ouvir música, ver TV, jogar, passou a fazer parte da rotina das pessoas, principalmente as mais jovens.

E a dependência de outros sistemas à rede? Sem a web é difícil pensar em sistemas de telefonia, de atendimento ao público, de acessibilidade a informações, rede bancária, aos serviços públicos como DETRAN, Receita Federal, delegacias de polícia, serviços de saúde, etc.

Por fim, a palavra de ordem da internet, e sem dúvidas desse início de século é conectividade. A internet tem o poder de conectar “tudo a todos”. Essa integração digital é ampla e irrestrita. É democrática no sentido verdadeiro da democracia. É incensurável, apesar de discutível. Em suma é outro mundo que alguns chamam de mundo virtual, mas eu prefiro chamar de universo paralelo. E ai, você está ligado?

Prof. Dr. Evanivaldo C. Silva Júnior

Docente da FATEC Jales

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.