Prof. Dr. Evanivaldo C. Silva Júnior
Coordenador da coluna FATECNOLOGIA
evanivaldo.jr@fatec.sp.gov.br

 

Profª. Me. Selma Marques da Silva Fávaro
Revisora
selma.favaro@fatec.sp.gov.br

 

Nos dias atuais, a maioria das pessoas e empresas fazem uso direto da Internet. Para a utilização dos serviços que a grande rede mundial de computadores disponibiliza, sempre é necessário a realização de cadastros em que o usuário deve disponibilizar seus dados pessoais. Esses dados ficam armazenados em servidores remotos, protegidos por sofisticados sistemas de segurança a fim de protegê-los contra acessos indevidos, entretanto, há diversos meios que pessoas mal intencionadas podem usar para ter acesso a esses dados e aplicar os mais diversos golpes.

Por ser extremamente difícil fraudar servidores e sistemas de segurança, os golpistas da Internet concentram seus esforços em explorar as fragilidades dos usuários fazendo uso da engenharia social, isto é, manipulando as vítimas psicologicamente a fim de que elas forneçam informações importantes e/ou executem ações danosas a si próprias ou a outrem. Vejamos um resumo dos golpes mais comuns aplicados na Internet: Furto de identidade: uma pessoa mal intencionada se passa por outra a fim de obter vantagens indevidas tais como a realização de compras em sites de e-commerce e acesso a contas bancárias. Quase sempre a identidade é furtada após a utilização de computadores de terceiros e/ou públicos, principalmente em cibercafés e lan-houses, então, ao utilizar computadores de terceiros, é recomendável a navegação anônima, (recurso dos navegadores que não deixa senhas e outros dados pessoais armazenados após sua utilização). O furto de identidade também pode ocorrer por meio de um golpe chamado phishing: como o nome sugere, é usada uma “isca” para que o usuário seja “pescado”. Nesse golpe, há a utilização de meios técnicos e engenharia social, pois exige do golpista o mínimo de conhecimento em informática para aplicá-lo. A vítima recebe uma mensagem eletrônica vinda supostamente de um banco, empresa ou site popular. Esta mensagem pode conter links para páginas falsas que pedem que a vítima faça o recadastramento colocando seus dados pessoais tais como senhas, número de cartão de crédito, entre outros dados importantes. Esses dados são enviados diretamente para o golpista que, de posse dos mesmos, pode aplicar golpes e obter vantagens financeiras. Assim, suspeite de mensagens apelativas e ameaçadoras que são recebidas de pessoas e empresas das quais você não possui relacionamento. Hoax: são boatos espalhados por quaisquer meios eletrônicos. Constitui-se de mensagens de conteúdo alarmante e falso que visam a propagação de links que podem direcionar a vítima a sites falsos e/ou fazer com que seja instalado vírus nos computadores. Nas redes sociais é comum compartilhar conteúdo sem verificar as fontes e isso pode causar diversos transtornos a pessoas e empresas que tiverem seus nomes associados aos tais “boatos”. Um hoax, geralmente, envolve nomes famosos, possui erros ortográficos, gramaticais e, principalmente, informações contraditórias. Cuidado! Advance Fee Fraud: a fraude de antecipação de recursos acontece quando um golpista tenta induzir a vítima a fornecer informações pessoais ou realizar um pagamento com a promessa de algum tipo de benefício, geralmente financeiro. Um dos exemplos mais comuns é a vítima receber uma proposta de emprego em casa com a promessa de altos salários. Para receber o suposto material de trabalho é necessário fazer um depósito de um valor expressivo na conta do golpista. Geralmente essas mensagens pedem sigilo nas transações, solicitam resposta rápida e oferecem quantias astronômicas de dinheiro.

Ter um bom antivírus instalado no seu computador não é o bastante para se proteger, pois existem meios não técnicos para aplicar golpes na Internet. A melhor prevenção nesse caso, é a informação. A cartilha do CERT (Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil), disponível em http://cartilha.cert.br, mostra, de maneira simples e didática, como se proteger de golpes e ataques na Internet web. Leitura obrigatória a todos os usuários da Internet.

 

Prof. Esp. Jorge Luís Gregório

Docente da FATEC Jales

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.