Prof. Dr. Evanivaldo C. Silva Júnior
Coordenador da coluna FATECNOLOGIA
evanivaldo.jr@fatec.sp.gov.br

 

Profª. Me. Selma Marques da Silva Fávaro
Revisora
selma.favaro@fatec.sp.gov.br

 

Um mercado de trabalho nada mais é do que a oferta e a procura de emprego. Nesse sistema, as empresas buscam, entre os interessados nas vagas, os que mais se destacam para compor o quadro de funcionários.  Desse modo, mostrar-se capaz de competir e saber o que as empresas valorizam e buscam em um colaborador é algo essencial para conseguir um emprego.

As competências necessárias para conseguir um trabalho variam de empresa para empresa e de área para área. Porém, ter atributos capazes de competir com outros candidatos e de superá-los no mercado significa estar mais próximo de conseguir um emprego.

Atualmente, ser competitivo é ir além do diploma universitário, e envolve outros atributos pessoais como criatividade, controle emocional, capacidade de se relacionar com outras pessoas e de trabalhar em equipe.  Nesses tempos de crise, as instituições também vêm buscando profissionais que consigam antecipar-se e solucionar problemas.

Deve-se apostar também na especialização, uma vez que ela já agrega mais conhecimento, fato que também diferencia os indivíduos na busca de um emprego. É evidente que aqueles que conseguem fazer algo bem feito serão mais cogitados que aqueles que somente fazem, isto é, “cumprem tabela”.

Conseguir realizar as funções com qualidade também é ser competitivo. Do mesmo modo que uma indústria precisa sempre inovar e ter qualidade em seus produtos para conquistar e fidelizar um cliente, o cidadão que busca um emprego deve seguir esses mesmos passos para conseguir o voto de confiança do futuro empregador.

Saber se comunicar e transmitir ideias de maneira clara é, também, essencial para se destacar no mercado de trabalho, visto que a comunicação é algo bem valorizado pelas empresas e pode ser bastante útil durante da contratação.

Para ser competitivo na busca de um emprego é necessário se superar sempre, de modo ético, sem medo de aceitar desafios, de se comunicar como outras pessoas; ter a mente aberta a novas oportunidades que podem vir a surgir e entender, acima de tudo, que um ambiente corporativo não é composto apenas de seus serviços, por mais essenciais e relevantes que sejam.

É ano novo, é tempo de mostrar o que você sabe fazer!

Gabriela Troyano Bortoloto
Aluna de Gestão Empresarial da Fatec Jales
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.